31.1.07

4 ANO LECTIVO 2006/7 - JANEIRO




Existem poucas pessoas capazes de suportar estes tempos miseráveis, onde a velha rotina enfadonha volta ao nosso dia-a-dia e onde notamos finalmente que já não é muito bonito comer rabanadas ou encher uma taça de champanhe. Abrindo esta conversa, onde literalmente eu falo e os outros se calam (perdoem-me a arrogância), podemos dizer que o início do ano de 2007 ficou marcado por uma nota histórica desportiva: uns zés-ninguém dos Arcos de Valdevez venceram o grande FCP, daquela cidade a que muitos apelidam de nação... Pois, se o Porto é uma nação, os Arcos acabam por ser algo superior, depois daquela vitória que acabou por se tornar a minha única nota positiva, por enquanto, de 2007. De resto, a mesma coisa: o país está mal, a escola monótona e o mundo parece ter voltado a girar em direcção a um tipo normal, ao invés de mirar um rechonchudo Pai Natal (ai, que saudades!). Faltava algo de novo ao nosso país para quebrar um pouco este cheiro a velho, num ano acabadinho de sair; a História deste país parece ter parado no tempo, como se já não houvesse mais páginas num qualquer caderno onde se pudesse falar do presente ao invés do passado, uma coisa completamente desinteressante que outros olham com um fascínio babado (opiniões!). Fora isto, (e seria um pecado ignorar isto) um destaque da minha pessoa para as más notas que houve nesta escola; o número mais sonante nas pautas foi o 2, e por vezes torna-se difícil contar as negativas de certos alunos sem nos perdermos no papel e começarmos a olhar para o aluno seguinte ou para as notas de outra turma. Por isso mesmo, faço um apelo à nossa escola: por amor de Deus, façam um pequeno esforço para apresentar as notas de uma forma mais perceptível, porque assim não se vai a lado nenhum... Imaginem que eu, por exemplo, tive de pedir a um colega para verificar as minhas classificações, pois este era mais corajoso do que eu no que respeita a doenças oculares. Não preciso de um problema na vista nesta altura da minha vida, e principalmente neste Janeiro...

Para finalizar, um último aviso que deveria ter sido colocado no início da crónica: não leiam isto por favor, que está terrível e eu hoje só digo disparates...

Concluindo, durmam no assunto... (mas durmam mesmo!)


...............................................................................


COMEMORAÇÃO DO DIA DOS REIS - Pré-Escolar


Boas noites, meus senhores,

boas noites vimos dar,

vimos pedir as Janeiras

se nos quiserem dar.



PINTURA ALUSIVA AO DIA DOS REIS - Margarida Silva (Pré-escolar)

.........................................................................



CORTA-MATO ESCOLAR - DESPORTO ESCOLAR (Apoio da disciplina de Ed. Física)

CLASSIFICAÇÕES (Clicar Aqui)





CUMPLICIDADES

Carlos Comeu Carne Com Castanhas Cozidas. Conversando Corado, Conseguiu Convidar Conceição Carneiro, Companheira Comilona. Comeram Com Cumplicidade, Curtindo Cada Colherada. Conseguiu Confiar Cada Confidência Com Consideração, Coordenando Casamento Com Coração, Captando Cada Carinho.


Vitor Azevedo dos Santos (6º D)



SONHEI SER...

Sempre Sonhei

Ser Sereia

Ser Sagrada, Serena, Sensual, Secreta...

Sentir Só Sentimentos Solitários.

Sentir o Sofrimento dos meus Sentimentos.

Seguir Sapos Simpáticos, Saborear Saborosas Sopros Selvagens

Suscitar Sozinha Segredos Sinceros


Diana Ferreira (6º D)

7 comentários:

fdsafsdfsdf disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
este é o meu corpo disse...

ao cronista:

poisé sr. bernardo babosa, tu sim, fazes de alguns escritores portugueses uns "zés ninguensss".
um verdadeiro sr. das palavras,
muitos parabens,
devias era escrever uma cronica por semana, caso tivesses tempo:)

Anónimo disse...

Bernardo Barbosa, os meus sinceros parabéns pelas brilhantes crónicas que escreves. A tua originalidade e o teu sentido de humor são um regalo para quem aprecia boa literatura. Se continuares a escrever, tenho a certeza que um dia vou ver os teus livros na montra de uma livraria. Aguardo ansiosamente as próximas crónicas e podes ter a certeza que não vou perder nenhuma.

Helena Silva ( licenciada em Linguas Clássicas)

este é o meu corpo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
este é o meu corpo disse...

ohh fiquei triste, pensei que iria encontrar novas crónicas...será ainda cedo?
volto em breve.

saludos

este é o meu corpo disse...

ahhhh... bom blog, estas escola sim esmera-se;)

uma professora disse...

Adorei a construção dos livros, interessante trabalho. Os estudos de rosto estão também muito bons. Parabéns a alunos e docentes.